Polícia prende outro suspeito de matar casal extrativista no Pará

As polícias Civil e Militar do Pará prenderam, na quarta-feira, um dos suspeitos de ter participado do assassinato dos extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo, em maio. Alberto Lopes Teixeira do Nascimento, 29 anos estava foragido. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Outros dois homens foram presos no domingo: José Rodrigues Moreira, suposto mandante, e seu irmão Lindonjonson Silva Rocha, suspeito de ter atirado no casal em um assentamento. 

A polícia do Pará interrogou os dois irmãos no dia seguinte e, durante todo o tempo, a dupla negou a autoria.