Governos federal e de SP liberarão R$ 6,5 bi para Rodoanel Norte 

A presidente Dilma Rousseff e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinam na terça-feira um termo que permite a liberação de verbas para obras no trecho norte do Rodoanel. Os trabalhos para os 44,2 km de via, orçados em R$ 6,51 bilhões, devem começar em janeiro de 2012 e terminar em novembro de 2014.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (Dersa) do Estado, o Ministério dos Transportes liberará R$ 1,72 bilhão. O Estado entrará com R$ 2,79 bilhões, além de um empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de R$ 2 bilhões.

A estimativa é que o trecho tenha tráfego diário de 65 mil veículos. Além dos 44,2 km de extensão, o Rodoanel Norte acrescentará outros 4,4 km de interligação com o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

O fechamento do Rodoanel ocorrerá com a construção do trecho Norte, que interligará o Rodoanel Oeste à avenida Raimundo Pereira Magalhães, antiga Estrada Campinas/São Paulo (SP-332), passando pelos municípios de São Paulo, Guarulhos, até a ligação com a rodovia Presidente Dutra, no Arujá.