SC: grávida e idosa sem memória comovem voluntários

Uma idosa que não sabe a própria idade, nem lembra onde mora ou quem são seus filhos, e uma grávida prestes a dar á luz, são casos que têm causado comoção entre os voluntários que trabalham no abrigo Nereu Ramos, em Itajaí, um das cidades atingidas pelas enchentes no Estado de Santa Catarina.

Juracir dos Santos chegou ao abrigo trazida pelo Corpo de Bombeiros sem nenhuma identificação. Ela carregava um sacola onde estava um papel com um endereço que seria da casa onde ela vivia: rua Paulo Alípio de França, nº 217, Cidade Nova. Segundo os voluntários, ela diz que mora com uma mulher chamada Sandra, que seria sua vizinha, mas confunde o nome dos filhos e irmãos, e mistura histórias constantemente.

Segundo Juracir, Sandra teria sido levada para um outro abrigo, que ela não sabe qual é. Na sacola também constava um número de telefone celular, mas a ligação cai na caixa postal.

Outro caso que tem causado comoção no Nereu Ramos é o da dona de casa Karina Bianque da Rocha, 23 anos. Grávida de nove meses, ela deixou sua casa no sábado sentindo dores. O nascimento deveria ter ocorrido no dia 8, mas ela ainda não havia entrado em trabalho de parto.

"Eu não queria sair de casa, tinha medo de vir para o abrigo, mas estava sentindo muitas dores, então ligamos para a Defesa Civil que nos resgatou", conta. Ela foi levada para o Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, mas o parto não pode ser realizado.

"Eles disseram que eu não estava dilatada o bastante, mas se isso não ocorrer nas próximas horas, eles vão induzir o parto ou fazer uma cirurgia de cesariana", disse. Segundo Karina, o atendimento prestado pela equipe médica de prontidão é constante.

Enquanto isso, todos que trabalham no Nereu Ramos ficam na expectativa do nascimento de Rafaele, nome escolhido para o bebê. A chegada da filha em meio a um ambiente de emergência é um momento que ficará marcado na vida da família. No entanto, pela manhã de domingo, a situação já estava mais tranquila e o nível da água já havia baixado consideravelmente, como se fosse um sinal de boas vindas para Rafaele.