Fugitivo envia tornozeleira eletrônica pelo correio e é capturado em SP

Um fugitivo da penitenciária Álvaro de Carvalho, a 435 km de São Paulo, foi capturado na sexta-feira em Franca após ter enviado a tornozeleira eletrônica pelo correio. O prisioneiro, que não teve o nome divulgado, cumpria pena por vários assaltos e estava solto por causa do benefício concedido pelo Dia dos Pais.

De acordo com o investigador Dênis Barbosa, do 5º DP de Franca, o fugitivo foi capturado após denúncia de moradores. "Nós recebemos uma ligação de que teria um fugitivo no bairro Jardim Luiza e fomos averiguar, pois poderia ser uma pessoa perigosa", disse.

Chegando ao local, a polícia efetuou a prisão do fugitivo que, segundo o investigador, confessou ter violado a tornozeleira que serve para monitorar presos em liberdade temporária. "Chegando lá, ele mesmo confessou que tirou o pino do equipamento e o enviou de volta para o presídio via Sedex", falou.

O fato curioso chamou a atenção da polícia, já que o prisioneiro poderia simplesmente se livrar do equipamento em qualquer lugar, mas para não ser acusado de furto e dano ao patrimônio público, resolveu devolver a tornozeleira. "Ele fez isso para mostrar que era audacioso e para tentar se livrar de uma eventual acusação de furto", concluiu o investigador.

A polícia encaminhou o prisioneiro para o Centro de Detenção Provisória de Franca, local onde fica até ser transferido novamente para o presídio de Álvaro de Carvalho.