Transexual é espancado por três homens em briga de trânsito no RS

Uma discussão após um acidente de trânsito terminou em violência, com indícios de preconceito homofóbico, na madrugada desse domingo, em Porto Alegre (RS). Um transexual foi encaminhado para o Hospital Cristo Redentor com hematomas no rosto, braços e pernas, depois de uma briga com três homens.

O trio estava em um automóvel que colidiu contra o carro do transexual no cruzamento das avenidas Ipiranga com a Azenha. Segundo a Polícia Civil, todos os envolvidos no acidente procuraram a Delegacia de Trânsito para registrar o fato e na saída do local houve a confusão.

Segundo relato de uma amiga do transexual, registrado na 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, o carro dele foi interceptado pelo trio, que desceu do veículo e começou a espancá-lo. A polícia, no entanto, ainda não tem a versão dos supostos agressores. "É um fato que ainda não está esclarecido, pois ainda precisamos obter detalhes com a vítima para indicar se houve uma agressão gratuita, de caráter preconceituoso ou não", disse ao Terra a titular da 2ª DP, delegada Adriana da Costa.

Os ocupantes do outro carro até agora não foram localizados, mas a polícia já sabe as placas do veículo. Eles devem ser intimados para interrogatório nas próximas horas. Já o transexual - que realizava exames no hospital nesta segunda, mas passa bem - confirmou que irá depor ainda nesta tarde.