Só hoje Inpe registra 237 focos de incêndio no país

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registra hoje (15) 237 focos de queimadas em todo o país, de acordo com os dados do satélite de referência. A maioria está concentrada nas regiões Norte e Centro-Oeste. Na maior parte dessas regiões, o risco de queimadas é considerado alto ou crítico.

A estiagem e a baixa umidade relativa do ar aumentam o risco de incêndios. Em algumas regiões dos estados de Mato Grosso, Goiás, do Tocantins, Piauí, oeste da Bahia e grande parte de Minas Gerais, não chove há mais de 60 dias, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec).

Rondônia é o estado com maior número de focos registrados hoje, com 70 ocorrências. Em Mato Grosso, o Inpe registra 42 focos. Em seguida, aparecem o Pará, com 33 focos, e o Amazonas, com 27.

Pelo menos 88 focos de queimadas ocorrem no interior ou no entorno de unidades de conservação (UC). Entre as UCs atingidas, está a Área de Preservação Ambiental da Bacia do Rio Descoberto, em Brasília, que hoje registrou umidade relativa de 10%, o menor índice do ano.