Francesa é presa com 5 kg de cocaína em aeroporto do Rio Grande do Norte

Uma operadora de telemarketing francesa de 24 anos foi presa na madrugada desta sexta-feira no Aeroporto Internacional de Parnamirim (RN), na Grande Natal, ao tentar embarcar em voo para Lisboa, Portugal, com 5,2 kg de cocaína em sua bagagem. Segundo a Polícia Federal, a mulher, que tem antecedentes criminais e estava proibida de deixar a França, afirmou que receberia 10 mil euros se levasse a droga ao destino final: a cidade de Bamako, no país africano no Mali.

De acordo com a PF, a bagagem da mulher apresentou coloração diferenciada quando passou pelo aparelho de raio X. As malas foram abertas e a droga foi encontrada em dois grandes invólucros plásticos nas laterais da bagaem.

Em depoimento na Superintendência da PF, a francesa, que mora em Marselha, disse que foi contratada por um desconhecido para ir até Natal buscar a droga e levá-la à África. No Brasil, ela afirmou ter recebido a cocaína embalada das mãos de um outro homem desconhecido na praia de Ponta Negra, zona sul da capital potiguar.

A francesa foi indiciada por tráfico internacional de drogas e deveria ser transferida ainda hoje para o Centro de Detenção Provisória de Parnamirim. A polícia informou ainda que esta foi a maior apreensão de cocaína feita pela PF no aeroporto neste ano. No terminal, cerca de 10 kg da droga foram apreendidos e cinco pessoas, todas estrangeiras, foram presas em 2011.