Simon: Dilma combate corrupção com mais coragem que Lula e FHC

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) reafirmou em Plenário, nesta quinta-feira, seu apoio às ações da presidente da República, Dilma Rousseff, no combate à corrupção no governo. Segundo o parlamentar, Dilma tem demonstrado mais coragem que seus antecessores, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, para combater os desvios éticos no âmbito da administração pública. As informações são da Agência Câmara.

Simon atribuiu os problemas com que Dilma se deparou no ministério ao ex-presidente Lula. "O grande erro cometido, e até acho que o Lula o cometeu na melhor das intenções, foi a organização desse ministério que está aí. As composições foram feitas no sentido de se ter uma ampla base partidária, e nunca houve governo na história do Brasil com uma base partidária tão grande quanto a que teve a Dilma quando começou. Mas a que preço?", questionou.

Ele pediu apoio do PMDB e do PT à presidente e reprovou o eventual comportamento de aliados em demonstrar insatisfação "ameaçando votações" no Congresso. "Não pode. O PMDB não pode entrar nessa, muito menos o PT", disse. Nesta quinta-feira, o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), negou que o desconforto entre os governistas - que ele garantiu já ter se dissipado - tivesse relação com a "faxina" que a presidente vem promovendo nos ministérios do Transporte e da Agricultura.