Ministro do Turismo confirma ida à Câmara para explicar denúncias 

O Ministério do Turismo confirmou nesta quinta-feira que o titular da pasta, Pedro Novais, comparecerá à Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados para prestar esclarecimentos sobre denúncias de desvio de verbas. A assessoria do ministério disse que ainda não é possível confirmar a data e o horário.

Hoje, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Candido Vaccarezza (PT-SP), voltou a criticar o "evidente abuso de autoridade" da Polícia Federal, que na manhã de terça desbaratou a Operação Voucher, detendo, entre outros, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva da Costa, o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins da Silva Filho, e um ex-presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).

As investigações da Operação Voucher começaram em abril, após um levantamento do Tribunal de Contas da União (TCU) que detectou irregularidades no contrato firmado entre o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável (Ibrasi). A PF informou que as estimativas são de que dois terços do convênio de R$ 4,4 milhões tenham sido desviados. A proposta era capacitar 1,9 mil pessoas no Estado do Amapá.