Mário Negromonte diz que doações de empreiteiras foram legais

O ministro das Cidades, Mário Negromonte, afirmou há pouco que o partido não cometeu ilegalidade ao receber doações de empreiteiras que realizam grandes obras na pasta. “As doações foram legais e informadas ao Tribunal Superior Eleitoral”, destacou, em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano.

A audiência debate denúncias publicadas pela revista Isto É sobre a liberação de recursos para pagamentos em favor de três empreiteiras que doaram mais de R$ 15 milhões ao PP nas eleições de 2010. Segundo a revista, a pasta comandada por Negromonte teria autorizado o repasse de recursos para obras consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Negromonte negou que as obras fossem irregulares e ressaltou que elas obras tiveram acórdão do TCU solicitando adequação de preço e recomendando expressamente a continuidade das obras. “Ao contrário do que tentou estabelecer a revista, não há vínculo entre as doações das empreiteiras a partidos políticos e a realização de obras legais, realizadas com licitação”, disse. “Nenhuma empresa que doar recursos poderá realizar obras no governo?”, questionou.