'Oh! Minas Gerais' marca chegada do corpo de Itamar ao Palácio da Liberdade

A chegada do corpo do ex-presidente Itamar Franco ao Palácio da Liberdade, antiga sede do governo de Minas Gerais, foi marcada por um momento emocionante. No pátio em frente ao palácio, tomado por coroas de flores, pessoas que aguardavam o corpo, autoridades e admiradores do ex-presidente jogaram pétalas de flores sobre o caixão, enquanto a cantora mineira Valquíria Gomes entoou, da sacada do palácio, a música Oh! Minas Gerais.

Depois da homenagem, o corpo foi levado para o salão principal do Palácio da Liberdade, que foi local de trabalho de Itamar em 1998, quando se elegeu governador de Minas.

Muito emocionadas, as filhas de Itamar Franco, Fabiana e Georgiana, acompanharam o cortejo. Muitos políticos também se posicionaram ao lado do caixão.

O atraso de mais de duas horas na saída do avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que levou o corpo do ex-presidente para Belo Horizonte não deve atrasar o horário marcado para a cremação em Contagem, na região metropolitana da capital.

 De acordo com a assessoria do governo de Minas Gerais, a cremação está mantida para as 16h. Somente a duração do velório, no Palácio da Liberdade, antiga sede do governo de Minas, é que será mais curta – o carro com o corpo do ex-presidente deve deixar o local por volta das 15h. 

Aos 81 anos, Itamar Franco morreu no último sábado, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 21 de maio, quando foi diagnosticado com leucemia.  Ele teve um acidente vascular cerebral (AVC), entrou em coma e não resistiu.