Dilma acompanha velório de Itamar nesta segunda-feira, em BH

A presidente Dilma Rousseff embarca às 9h30 desta segunda-feira para Belo Horizonte (MG), onde acompanhará o velório do senador e ex-presidente da República, Itamar Franco, morto no sábado aos 81 anos. De acordo com o Palácio do Planalto, Dilma irá prestar as últimas homenagens a Itamar acompanhada dos ministros Antonio Patriota (Relações Exteriores), Ideli Salvatti (Relações Institucionais), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Helena Chagas (Comunicação Social).

Mineira, Dilma acompanhava desde o início o tratamento de uma leucemia a que o ex-presidente se submetia. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, havia sido designado para informar a chefe do Poder Executivo do estado de saúde do parlamentar e foi o responsável por informar a presidente do falecimento do político mineiro.

Itamar Franco, que foi presidente da República entre outubro de 1992 e janeiro de 1995, morreu aos 81 anos na manhã de sábado, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ele estava internado desde o dia 21 de maio, para tratamento de leucemia. O estado de saúde de Itamar piorou na sexta-feira, quando ele passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Nesta semana, o senador foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital com um quadro de pneumonia.

Desde a manhã deste domingo, o corpo do ex-presidente é velado na Câmara de Vereadores de Juiz de Fora (MG). Na manhã de segunda-feira, por volta das 8h, o corpo segue para Belo Horizonte, onde acontece novo velório, no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro. De lá, segue para Contagem, a cerca 25 km da capital mineira, onde acontece a cerimônia de cremação, no mesmo local em que o ex-vice-presidente José Alencar foi cremado.