Ministra da Casa Civil lembra lutas de Itamar contra privatizações e ditadura militar

Brasília – A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, lembrou hoje (2) que o ex-presidente e senador Itamar Franco (PPS-MG) travou ao longo da sua vida política várias lutas, como a resistência à ditadura militar (1964-1983) e a defesa pela causas nacionais. Ela disse que mesmo os embates “mais duros” que teve com Itamar foram marcados pelo respeito mútuo.

Na nota, a ministra assinala: “Itamar foi bom para Minas e para o Brasil. Graças à sua luta, a Cemig e Furnas não estão privatizadas. Foi grande na luta contra a ditadura militar. Convivi com ele no Senado, onde tivemos debates duros, porém respeitosos e a favor do que entendíamos ser melhor para o país".

A presidenta Dilma Rousseff informou, por meio de nota, que participará do velório de Itamar amanhã (3) em Juiz de Fora (MG).