Funcionária da prefeitura de BH é presa por extorquir empresários

A polícia de Minas Gerais prendeu em flagrante na terça-feira uma funcionária da prefeitura de Belo Horizonte que, segundo o Jornal Nacional, se fazia passar por fiscal para extorquir dinheiro de empresários. Ela, junto de um comparsa, foi pega durante as negociações com um empresário, dono de uma boate, que armou o flagrante com policiais. Disfarçados, eles acompanharam de perto a conversa. Ela pede R$ 30 mil para não multar o empresário, prometendo-lhe o alvará de que precisa, e ainda oferece recibo.

O empresário disse à polícia que a funcionária pública agia com pelo menos nove pessoas que se apresentavam como fiscais do meio ambiente. Ao todo, o grupo teria pedido R$ 80 mil para não fechar a boate.