Representante de sindicato quer Dilma na coordenação da Copa

 

O presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), João Alberto Viol, afirmou nesta terça-feira (19) que a coordenação da Copa do Mundo 2014 deveria ser centralizada nas mãos da presidente da República, Dilma Rousseff. A afirmação foi feita em audiência pública na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados.

"Sugerimos que a presidente da República assumisse a coordenação nesse momento, porque sem uma coordenação firme, centralizada, nós não vamos caminhar."

O dirigente disse que faltou planejamento ao Brasil na preparação para os eventos esportivos que serão sediados no Rio de Janeiro, mas acrescentou que ainda é possível corrigir a rota.

"Faltou planejamento. Entendemos que estamos atrasados pelo menos um ano", criticou Viol. "A primeira posição é reconhecer esse atraso. Temos condições de sair de onde estamos e fazer um bom trabalho. Temos tempo de corrigir rotas. Vamos trabalhar para sermos vitrine, não vidraça."

O dirigente ressaltou a importância de se ter projetos para cada obra a ser executada, deixando de lado o que chamou de "cultura da pressa" e cobrou transparência sobre o andamento da preparação para a Copa.