SP: prosseguem as buscas a operários soterrados em pedreira

SÃO PAULO - Até o final da tarde desta sexta-feira, a equipe de resgate deve se aproximar do ponto onde podem estar os dois operários soterrados na pedreira Santa Tereza, em Santos, no litoral paulista. As buscas, reiniciadas na manhã de hoje, estão concentradas na abertura de um caminho, indicado por cães farejadores, em uma área de 150 metros quadrados. A expectativa é atingir uma profundidade de 30 metros.

Com a ajuda de três retroescavadeiras, os homens que atuam no local estão retirando os fragmentos das rochas detonadas ontem. Mesmo diante da grande quantidade de pedras que se desprendeu junto com terra, num total de 50 mil toneladas, o Corpo de Bombeiros espera encontrar os operários com vida. Uma trinca entre as pedras pode permitir a entrada de ar.

Os trabalhadores estão sob o amontoado de pedras desde a manhã da última terça-feira (12) e não há prazo para o término do resgate. Dois funcionários que também estavam no local na hora do acidente conseguiram escapar ilesos.