Promotora envolvida no mensalão do DEM se descontrola em audiência

 

A promotora Deborah Guerner, que responde a processo disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), se descontrolou durante uma audiência no local nesta quarta-feira. O Conselho define o seu futuro profissional e o do ex-procurador-geral de Justiça do Distrito Federal (DF) Leonardo Bandarra. Eles são suspeitos de envolvimento no desvio de recursos públicos que envolvia empresas de tecnologia para o pagamento de propina a deputados da base aliada do DF, episódio conhecido como mensalão do DEM. As informações são do DFTV.

Durante a leitura do voto do relator do caso no CNMP, Deborah Guerner saiu do plenário se dizendo descontrolada emocionalmente. Os gritos dela com os advogados foram ouvidos de dentro do plenário e pela imprensa. O desequilíbrio emocional é um dos argumentos que Guerner apresenta na defesa ao Conselho. O conselheiro Achiles Siquara pediu vista do processo na tarde desta quarta-feira e o pedido suspendeu o julgamento do caso, que será retomado na sessão do dia 17 de maio.