Licitação do trem-bala será adiada por mais 90 dias

 

A licitação do trem-bala vai ser adiada por 90 dias. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira em encontro no Clube de Engenharia, no Centro do Rio, para debater assuntos relativos à implantação do trem bala no país.

Segundo Bernardo Figueiredo, diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o adiamento da licitação das empresas responsáveis pela construção do trem bala servirá para atender um pedido das próprias empresas, que segundo ele, querem mais tempo para terminar o projeto que será apresentado.

Para o consultor legislativo do Senado, Marcos José Mendes, o país carece de outras prioridades antes da construção do trem. Ainda segundo Mendes, apesar de o trem-bala estar orçado em R$ 30 bilhões de reais, o valor deve chegar a quase R$ 50 bilhões, porque, pela sua experiência, é comum haver um aumento de 45% no valor inicial.

Mendes acredita que o dinheiro empregado na construção do trem-bala possa ser investido na ampliação dos aeroportos - uma das maiores carências de infraestrutura do país.