RS: atropelador de ciclistas pode ser preso hoje

PORTO ALEGRE - Embora internado em uma clínica psiquiátrica, o bancário Ricardo Neis, que atropelou dezenas de ciclistas que faziam uma manifestação na última sexta-feira, em Porto Alegre (RS), deve ser preso ainda na manhã desta quarta-feira. O pedido de prisão do atropelador, feito pela Polícia Civil, foi acatado pela Justiça na noite de terça.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, agentes estão de plantão no entorno da clínica para evitar a saída de Neis. Caso ele tente deixar o local, será preso. Do contrário, pela Constituição, ele só poderá ser detido durante o dia. No início da madrugada, ainda não se sabia para onde o bancário deverá ser levado após a prisão.

Neis se internou na terça em uma clínica psiquiátrica de Porto Alegre para, segundo um dos seus advogados, ter garantida sua integridade física e psicológica.

"Ele está muito abalado, muito chocado e muito preocupado com a situação. O que fizemos foi buscar a integridade física e psicológica dele e do filho, pois eles estão sendo caçados. O Ricardo não nega que foi imprudente, mas já estão o condenando, isso está errado", disse Jair Jonco.