Problema no Serpro paralisa Detran de vários estados e Receita Federal

Detrans de vários estados também estão paralisados

BRASÍLI - Por problemas no Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) em São Paulo, nenhum contribuinte está conseguindo enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 na manhã desta quarta-feira. A informação é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. Ele estima que o problema será resolvido até o fim da manhã.

Os contribuintes, no entanto, estão conseguindo fazer o download do programa gerador da declaração normalmente na página da Receita Federal. O Serpro em São Paulo é fundamental para o recebimento das declarações, pois todos os documentos do Brasil passam por lá.

O prazo para a entrega da declaração começou ontem, quando a Receita recebeu 153.974 documentos, ante 124.620 do primeiro dia de envio do ano passado. 

 

Problema paralisa Detran em vários estados

O Detran informa que as operações do Sistema Federal de Processamento de Dados (Serpro) estão fora do ar desde o início do expediente desta quarta-feira no Rio de Janeiro, o que está provocando a paralisação no atendimento informatizado de todos os postos de vistoria, habilitação e identificação civil do departamento. O Serpro disse que ainda não há previsão para o retorno das operações.

O problema também atinge os Detrans do Paraná, Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo. No dia 24 de fevereiro, uma outra falha no Serpro também provocou a paralisação no atendimento informatizado de todos os postos do Detran.

"O Serpro comunica que o seu centro de dados em São Paulo está fora do ar. Ele apresentou falha no sistema de proteção contra variações de energia elétrica. Com isso, os serviços baseados neste ambiente estão instáveis", diz o órgão em nota oficial.

Segundo a assessoria do Ministério das Cidades, o Denatran confirmou que o problema ocorreu por conta de uma pane elétrica no Serpro de São Paulo devido às chuvas no estado.

Os clientes do Detran que não conseguirem atendimento na área de habilitação têm até cinco dias úteis para retornar ao posto sem que seja preciso reagendar o serviço. Já aqueles que agendaram para hoje (2) provas teóricas para tirar primeira habilitação ou renovar o documento terão que remarcar o serviço.

Os clientes que se dirigirem aos postos de vistoria terão os veículos inspecionados, mas devem retornar ao posto onde foram atendidos em até uma semana para buscar o documento que não poderá ser impresso.    

Por dia, o Detran do Rio recebe 11.220 mil clientes nos postos de vistoria de todo estado e 10.069 na área de habilitação.