PM de folga é morto no dia do nascimento de seu filho em São Paulo

Um policial militar de folga foi morto com vários tiros de fuzil por volta das 10h30 de segunda-feira, em frente à casa de seus pais, em Santos, litoral paulista. Mais tarde, no mesmo dia, a mulher do PM, identificado como Fábio Apolinário, 43 anos, entraria em trabalho de parto para dar à luz seu segundo filho com o policial, segundo informações do 29º Batalhão da PM de Itanhaém. Até as 12h desta terça-feira, ninguém havia sido preso.

A PM de Santos encontrou mais de 20 cartuchos de fuzil AR-15 nas imediações das ruas Oswaldo Cochrane e Nabuco de Araujo, local do crime. Fábio foi morto quando saía da casa dos pais em um carro. Os tiros teriam sido disparados por um homem em uma caminhonete EcoSport preta. Fábio foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do pronto socorro. A mulher do PM tinha uma cesariana marcada para esta terça-feira, mas entrou em trabalho de parto ainda na segunda-feira.