Militante de Direitos Humanos é achado morto no Tocantins

PALMAS - A polícia investiga a morte de um integrante da Comissão de Direitos Humanos do Tocantins, encontrado na madrugada de segunda-feira em uma fazenda de Duaré, município a 228 km de Palmas. De acordo com a polícia, o corpo tinha sinais de violência. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Sebastião Bezerra da Silva, 40 anos, era representante regional do Movimento Nacional de Direitos Humanos e atuou em casos polêmicos no Tocantins, como a denúncia contra policiais militares por tortura e assassinatos e a apuração do linchamento de um preso no interior.

Um coordenador da Comissão Pastoral da Terra informou ao jornal que Silva lhe relatou que sofria ameaças.