Copom inicia segunda reunião do ano para reajustar juros

Começou há pouco a primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) para reajustar a taxa básica de juros (Selic), que está em 11,25% ao ano desde 19 de janeiro. A expectativa dos analistas financeiros é de que a taxa seja aumentada para 11,75%, com elevação de 0,5 ponto percentual.


Há, porém, aqueles que defendem um reajuste maior, de 0,75 ponto percentual, por causa da inflação que está em alta há cinco meses. A definição sobre a dose exata para elevação da Selic, só será conhecida amanhã à noite quando terminar a segunda reunião do Copom. 

O professor de macroeconomia da Fundação Getulio Vargas (FGV), Rogério Mori, disse que a principal razão para o reajuste é a alta da inflação, que “tem sido considerável” nos últimos meses e deve permanecer em alta até o fim de março. Depois disso, ele acredita que as pressões inflacionárias vão ceder em setores específicos, como alimentação, transportes e educação.