Temporal deixa pessoas ilhadas em vários bairros de São Paulo

SÃO PAULO - Com a chuva forte que atingiu a capital paulista na tarde deste domingo, o rio Pinheiros transbordou e as subprefeituras de Pinheiros e Butantã entraram em estado de alerta desde as 16h10. Mais cedo, toda a cidade estava em atenção e a precipitação provocava alagamentos.

O Corpo de Bombeiros informou que resgatou pessoas ilhadas em carros, ônibus e pontos de ônibus em diversos endereços da capital, principalmente na região da Pompéia, na Zona Oeste. Não há informações sobre quantas pessoas foram resgatadas. Segundo a Globonews, uma mulher entrou em trabalho de parto na Marginal Pinheiros e precisou ser resgatada de helicóptero. Em Carapicuíba, segundo a emissora, um carro caiu em um córrego.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) decretou atenção na Zona Sudeste às 15h35. A situação de atenção já estava decretada nas zonas Leste e Norte da capital paulista e na região da Marginal Tietê desde as 14h05. Às 14h30, o decreto se estendeu à Zona Oeste e à Marginal Pinheiros e, às 14h48, foi a vez do Centro e da Zona Sul da cidade

Até as 16h45, a capital paulista registrava 41 pontos de alagamento ativos, destes 12 intransitáveis.