SP: polícia recupera objetos roubados da casa de secretário

SÃO PAULO - A Polícia Civil de São Paulo, através da Delegacia de Repressão de Roubo a Condomínios (DRRCondomínios) do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), recuperou na quarta-feira parte dos objetos levados durante roubo na casa do secretário estadual de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu. O material estava em quatro residências na favela São Remo, no Jaguaré, Zona Oeste da capital paulista.

Três envolvidos haviam sido presos na noite de terça-feira por policiais militares, na região da Vila Madalena, também na Zona Oeste, durante um roubo. A equipe da DRRCondomínios investigava o caso e identificou os detidos como participantes da invasão à residência do secretário. Ele e a família estiveram no Deic à noite onde formalizaram o reconhecimento e recuperaram seus pertences.

Os estudantes José Antônio da Silva Júnior, 19 anos, e Renan Lauro Cunha, 18, e um adolescente de 17 anos foram reconhecidos como participantes do roubo à casa do secretário. A equipe procura outros três envolvidos. Os agentes da DRRCondomínios ainda prenderam a promotora de vendas Andréia Conrado de Oliveira, 31 anos, e o jardineiro Daniel de Paula Celeste Sousa, 24, por receptação. Eles aguardavam os objetos roubados em suas casas.

Segundo o delegado Mauro Fachini, titular da DRRCondomínios, foram encontrados objetos de outras vítimas. "São aparelhos eletroeletrônicos, computador, joias e roupas", disse.