Em São Paulo, governo propõe geradores próprios para iniciativa privada

Sob risco de novos apagões, o governo de São Paulo vai propor a grandes consumidores do Estado para que eles gerem sua própria energia. A ideia é que empreendimentos comerciais e residências saiam do sistema elétrico no horário de pico. A proposta é do secretário de Energia, José Aníbal. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, na última terça-feira, um problema de transmissão deixou cerca de 2,5 milhões de pessoas sem energia na capital.

Segundo o jornal, o governo admite novos apagões novamente na zona sul, e também na zona norte e no ABC paulista. Segundo Aníbal, esses grandes consumidores precisam ter geração própria, até por prudência. O governo, porém, não pretende tornar a medida obrigatória.