OAB diz que 194 delegacias do Paraná não têm verba para alimentar presos

CURITIBA - De acordo com a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Paraná, 194 delegacias não estão recebendo o auxílio financeiro para as refeições dos presos. O repasse não acontece desde novembro do ano passado. A entidade percorreu as delegacias e constatou o problema.

Em algumas cidades paranaenses, como no litoral do estado, delegados compraram fiado comida em supermercados e restaurantes para alimentar os presos.

Também há casos de comerciantes e empresários que enviam para as delegacias produtos cujas embalagens estão danificadas ou a sobra de frutas. Em Curitiba, onde a alimentação foi contratada de maneira terceirizada, o problema não foi constatado.

A Polícia Civil disse à OAB que vai regularizar "o quanto antes" o repasse para as delegacias.