SP: sindicato volta atrás e paralisação de ônibus é mantida

SÃO PAULO - O sindicato dos motoristas de ônibus da Viação Himalaia, que atende a grande parte da Zona Leste da cidade de São Paulo, voltou atrás e decidiu manter para esta quarta-feira a paralisação iniciada na terça. Depois de informar que a reunião entre sindicato, funcionários e empresa tinha sido bem sucedida com um acordo que agradara a categoria e que resultara no fim da greve, os motoristas questionaram a proposta em assembleia.

O motivo do protesto foi a compra da empresa Himalaia pela Novo Horizonte, que incorporaria automaticamente os trabalhadores sem o pagamento da rescisão contratual e faria a transferência de linhas de ônibus. O acordo proposto na reunião incluía a garantia do emprego e os direitos trabalhistas aos motoristas.