Sarney transfere para a noite reunião sobre suplências na Mesa do Senado

Sem acordo com o PSDB na composição da Mesa Diretora do Senado, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), transferiu para as 19 horas a terceira reunião preparatória, que tem o objetivo de eleger os integrantes dos cargos de suplência. O líder do PT, Humberto Costa (PE), se reunirá com Sarney antes da sessão de abertura dos trabalhos Congresso Nacional, às 16 horas, para se informar do andamento das conversas com o PSDB e o DEM.

Os petistas ainda insistem em ter o comando da Comissão de Infraestrutura cuja indicação caberá ao PSDB se for levado em conta o critério do tamanho das bancadas eleitas em 2010, a chamada proporcionalidade partidária. Humberto Costa disse que continua "apostando num acordo com o PSDB".

Na insistência das conversas, Costa explicou que caberia aos peemedebistas cederem uma de suas vagas da suplência na Mesa aos tucanos. Além disso, teriam que repassar ao PSDB o comando da Ouvidoria do Senado. O problema, acrescentou o líder petista, é que a ouvidoria já foi acertada com o Democratas.

Hoje, à Agência Brasil, o líder do DEM, José Agripino Maia (RN), confirmou que o acerto com o PT e o PMDB passa pela cessão ao partido da presidência da Comissão de Agricultura, da Ouvidoria do Senado e da suplência na Mesa Diretora, nesse caso, já indicada para o cargo a senadora Maria do Carmo Alves (SE).