Polícia Federal investiga tentativa de golpe com nome do CNJ

BRASÍLIA - A pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a Polícia Federal abriu inquérito para apurar denúncias relacionadas a tentativas de extorsão com a utilização fraudulenta do nome do CNJ. Desde novembro, a Ouvidoria do CNJ recebeu 13 denúncias de supostas vítimas dessas ações.

Segundo os relatos, os golpes estariam sendo praticados contra servidores aposentados. De acordo com o CNJ, os golpistas cobram dos servidores para agilizar o andamento de seus processos judiciais.

O CNJ emitiu comunicado reiterando que suas decisões são proferidas em âmbito administrativo e não judicial, e que em hipótese alguma faz contatos telefônicos com quem tem demandas na Justiça de qualquer natureza ou realiza qualquer tipo de cobrança de valores.