Democrata é novo presidente da Assembleia em Santa Catarina

Os 40 deputados estaduais eleitos em Santa Catarina foram empossados nesta terça-feira, em Florianópolis, e elegeram o democrata Gelson Merísio como o presidente da Assembleia Legistativa. Foi a quarta vez que o Legislativo catarinense definiu a presidência de forma unânime.

A sessão solene foi acompanhada por lideranças do DEM, como o governador Raimundo Colombo e o ex-senador Jorge Bornhausen. O deputado Reno Caramori (PP) presidiu a posse por possuir cinco mandatos consecutivos, o maior número entres os parlamentares eleitos.

O peemedebista Antônio Aguiar foi escolhido para falar em nome dos eleitos. Ele citou nominalmente cada um dos colegas e homenageou o deputado Lício Mauro da Silveira, que morreu em outubro passado, poucos dias após a reeleição. "Temos a responsabilidade de bem representar cada um dos 6 milhões de catarinenses", afirmou.

As chuvas que vêm causando estragos em Santa Catarina também foram citadas. Aguiar pediu apoio dos parlamentares e do governador para atender aos 87 municípios que foram afetados pelos temporais.

Em seu discuro de posse como presidente da Casa, Merísio falou sobre a composição "pluripartidária" da Mesa Diretora. O deputado Moacir Sopelsa (PMDB) ocupa a primeira vice-presidência, e o secretário é Jailson Lima (PT). Os demais cargos foram divididos entre PSDB, PP, PT e PMDB. O novo presidente prometeu uma relação de "independência e cordialidade" com o governador, e usou uma metáfora do futebol para citar o desempenho que espera dos parlametares. "Quando o juiz aparece demais, o jogo não é bom", disse.

Nesta quarta-feira, a partir das 14h, o governador Raimundo Colombo abre o ano na Assembleia Legislativa com a leitura da mensagem anual do poder Executivo.