Chega a 71 o número de cidades em emergência pelas chuvas em SC

FLORIANÓPOLIS - As fortes chuvas que atingiram Santa Catarina em janeiro deixaram 71 municípios em situação de emergência, segundo o balanço mais recente da Defesa Civil estadual. Pelo menos 840,5 mil pessoas foram afetadas com a enxurrada, que resultou na morte de seis pessoas.

Além das cidades em situação de emergência, o Estado contabiliza também um município em estado de calamidade pública, Mirim Doce, no Alto Vale do Itajaí, que concentra 900 desalojados (abrigados por parentes ou amigos), 150 desabrigados (acolhidos em abrigos públicos) e pelo menos 115 feridos.

De acordo com o levantamento, 18.737 pessoas estão desalojadas e 1.976 desabrigadas. Sobre os danos materiais, a estimativa é que pelo menos 6.854 residências tenham sido danificadas. Os serviços de energia elétrica, abastecimento de água, comunicações e transportes também foram prejudicados em algumas cidades.

Das seis mortes registradas em razão das chuvas, três em Florianópolis, uma em Jaraguá do Sul, uma em Blumenau e uma em Massaramduba. Outras 162 vítimas sofreram ferimentos, mas passam bem.

Para auxiliar as vítimas, o governo federal vai liberar R$ 40 milhões em caráter emergencial permitindo a reconstrução de pontos afetados pelas chuvas. O governador Raimundo Colombo liberou R$ 50 mil para cada um dos municípios que decretaram situação de emergência. Mirim Doce, em estado de calamidade pública, receberá R$ 200 mil.