Assembleia de SP tem oito diretorias mas emprega 70 diretores

SÃO PAULO - Na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo constam salários de 70 diretores, embora o Legislativo afirme que existam apenas oito diretorias na Casa, segundo reportagem publicada no jornal Folha de S. Paulo desta terça. Os salários dos "diretores" somados chegam a R$ 8 milhões por ano. Entre eles, estão os da xerox, da garagem e da manutenção de veículos.

De acordo com a reportagem, 60 dos "diretores" atuam em funções de gerência e coordenadoria, embora sejam tratados como diretores, inclusive nos salários e em gratificações pelos cargos ocupados.

Os salários dos diretores variam de R$ 6.921, nos casos de xerox, garagem e manutenção de carros, a R$ 16 mil, para os secretários-gerais. As gratificações variam de R$ 3.172 a R$ 8.696.