Moradores pagam pedágio para sair de casa em Belo Horizonte

Moradores do bairro de Ribeiro de Abreu, na periferia de Belo Horizonte, pagam pedágio para sair de carro da rua onde moram. O pagamento é feito para a dona do quintal de uma casa por onde os veículos tem que passar após a rua Antônio Ribeiro de Abreu ter sido destruída, em dezembro do ano passado, pelo córrego Onça. As informações são do jornal Folha de S. Paulo deste sábado.

Segundo a população, o valor da taxa é de R$ 15 por mês e a ideia de pagar pela passagem partiu dos próprios moradores. Onze veículos trafegam pelo quintal. As enchentes destruíram uma ponte na região que obriga os moradores a percorrerem uma distância de 6 km para atravessar por outra ponte. A prefeitura de Belo Horizonte afirma que não existe prazo para resolver o problema da rua e que a ponte deve ser reconstruída em um mês.