Prédio da Advocacia-Geral da União é esvaziado após tremores

BRASÍLIA - O prédio da Advocacia-Geral da União (AGU), em Brasília, foi completamente esvaziado por volta das 9h30 desta sexta-feira, após a ocorrência de tremores, que assustarem os funcionários. Ninguém ficou ferido.

Equipes do Corpo de Bombeiros constataram um rompimento na estrutura do edifício e determinaram a saída de todos, à exceção da segurança regular do prédio e da Polícia Militar.

De acordo com o responsável pela segurança do patrimônio da AGU, pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) não registraram tremores na região, o que reforça a análise preliminar dos bombeiros.

Os danos à estrutura do prédio devem ser periciados pela Defesa Civil ainda nesta sexta-feira. Ainda não há detalhes sobre a causa dos tremores. O edifício, que fica na quadra 6 do Setor de Indústrias Gráficas (SIG), permanecia vazio até as 12h50 desta sexta-feira.