Justiça Federal beneficia 3,3 mil candidatos no vestibular da UFMG

Uma liminar da Justiça Federal concedeu o direito a 3,3 mil candidatos a participarem da segunda etapa do vestibular da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que começa neste domingo, dia 23. Os beneficiados constam no sistema do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) com nota zero ou sem nota pelo menos em uma das provas.

A pró-reitora de Graduação, Antônia Vitória Soares Aranha, em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, enfatizou que a inclusão de novos candidatos não implica qualquer alteração para os que já estavam convocados.

Sobre a posição da UFMG com relação à adesão do Enem como parte do seu concurso, a pró-reitora assegurou que a universidade não cogita rever sua política, e que os problemas que têm ocorrido nos últimos anos não colocam o exame em xeque. "Consideramos que o Enem simplifica e democratiza o processo de seleção. Ele pode, naturalmente, ser aprimorado em alguns aspectos, e a UFMG está disposta a contribuir com sua experiência para melhorias no processo", disse.

A segunda etapa do Vestibular UFMG se estende até o dia 28 de janeiro e reúne 22.944 candidatos que disputarão 6.640 vagas em 75 cursos.

As informações sobre este processo foram divulgadas pela faculdade ou instituto responsável pelo exame. Nem sempre as alterações no processo são informadas ao Terra Vestibular. Em caso de dúvidas, consulte diretamente o site da instituição.