AGU entra com recurso contra a prorrogação das inscrições do Sisu para alunos do Rio

Brasília – A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com recurso na Justiça Federal para derrubar a liminar que prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até quarta-feira (26) somente para alunos do Rio de Janeiro. Com isso, o Ministério da Educação (MEC) não deve mais pedir à Justiça que conceda dois dias de prazo para reabrir as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O MEC vai aguardar a decisão da Justiça Federal com relação ao recurso da AGU.

As inscrições do Sisu foram encerradas ontem (20) às 23h59, conforme estava programado. O Ministério da Educação (MEC) havia solicitado dois dias para cumprir a decisão da prorrogação porque, segundo a pasta, o sistema não consegue isolar somente candidatos de um estado. Além disso, para o MEC, essa medida estaria ferindo o princípio da isonomia, já que a seleção é nacional.

Também hoje (21), o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro entrou com recurso para que a prorrogação das inscrições fosse ampliada para os estudantes de todo o país. Segundo o órgão, a medida foi proposta “em função das dificuldades de acesso de muitos estudantes ao Sisu, como lentidão e violação de dados”.

As inscrições do Sisu começaram no último domingo (16). Nos primeiros dias, os estudantes enfrentaram dificuldades para acessar o sistema, que ficou sobrecarregado em função do grande volume de acessos. De acordo com o MEC, a situação foi normalizada e o número de inscrições recebidas até ontem – cerca de 2 milhões – está dentro da média das edições anteriores.

Criado pelo MEC no ano passado, o Sisu unifica a oferta de vagas em instituições públicas de ensino superior. Para participar, o estudante precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para o primeiro semestre de 2011, o Sisu ofereceu 83 mil vagas. Os resultados da primeira chamada estão previstos para segunda-feira (24).