Chuva deixa cidades ilhadas e milhares de desalojados no sul de MG

BELO HORIZONTE - O município de Itamonte, no Sul de Minas Gerais, está ilhado devido à chuva que caiu com mais intensidade na madrugada desta quinta-feira. Segundo a Defesa Civil, o Rio Capivari transbordou e deixou 150 famílias desabrigadas. Mais de 800 pessoas estão alojadas na rodoviária e em escolas públicas.

A secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Isabel de Andrade Pinto, disse que ficou assustada com a força da tempestade. "Eu moro há 10 anos em Itamonte e nunca vi uma chuva como a dessa madrugada. Parece que a chuva acumulada de dois meses caiu em um dia", disse. De acordo com os bombeiros, várias pontes foram quebradas e algumas casas permanecem inundadas.

A cidade de Carvalho, vizinha a Itamonte, também ficou alagada na madrugada desta quinta-feira devido ao transbordamento do Rio Capivari. Segundo a Defesa Civil, 600 pessoas ficaram desalojadas. As principais ruas de acesso estão intransitáveis e moradores ainda aguardam resgate.

O soldado do Corpo de Bombeiros, Ramon dos Santos, espera que não haja vítimas fatais no decorrer do dia. "Até agora ninguém morreu na enchente em Carvalho e vamos trabalhar para salvar os demais. Precisamos resgatar muitas pessoas que estão ilhadas no telhado das casas e em terrenos mais altos", afirmou.

No balanço atualizado pela Defesa Civil Estadual no início da manhã, 70 cidades já decretaram situação de emergência no estado devido aos estragos causados pelo excesso de chuva. Outros 47 também comunicaram problemas. No total, 1,3 milhão de pessoas foram afetadas pelos temporais, destas 15,6 mil pessoas estão desalojadas e pelo menos 2,3 mil desabrigadas.