SP não tem mais trechos com estado de alerta ou atenção

SÃO PAULO - Após uma manhã que chegou a ter 53 pontos alagados, São Paulo já não tem mais regiões em estado de atenção ou alerta. Os trechos de transbordamento na Marginal Tietê, que tinham estado de alerta, tiveram normalização registrada às 9h26 pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Estavam em alerta quatro pontos de transbordamento que haviam sido registrados na Marginal Tietê pouco depois da 0h desta terça-feira: no posto da Dutra, na Ponte do Piqueri, na Barragem Móvel e no Limão. O estado de atenção também foi suspenso às 9h26 na Zona Norte da cidade e nas demais regiões da Marginal Tietê.

De acordo com os meteorologistas do CGE, a frente fria que provocou temporais entre a noite e a madrugada já se deslocou para o litoral fluminense, mas ainda deixa o tempo instável na Grande São Paulo.

A manhã desta terça-feira começou com nebulosidade, formação de neblina, chuvas fracas e termômetros oscilando em torno dos 19ºC. Ainda há condições para pancadas de chuva, especialmente no período da tarde, porém elas devem ocorrer com intensidade entre fraca e moderada. A Climatempo prevê que não haverá mais temporais na capital paulista nesta terça-feira. Ainda assim, o risco de alagamentos e deslizamentos de terra permanece elevado, devido ao solo, que continua encharcado.