Mãe e filha morrem em desmoronamento na Zona Norte de São Paulo

SÃO PAULO - Mãe e filha morreram após o desmoronamento de uma casa por volta de 0h30 desta terça-feira, no bairro Furnas, Zona Norte de São Paulo, segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Militar do Estado. Elas chegaram a ser socorridas a um pronto socorro, mas não resistiram aos ferimentos. Até as 2h30, os bombeiros continuavam no local, na Rua Virgínia de Araújo, 450, em busca de outras possíveis vítimas.

Segundo policiais do 73º DP (Jaçanã), onde a ocorrência foi registrada, a identidade das vítimas não era conhecida até por volta das 3h30, já que nenhum documento havia sido encontrado em meio aos escombros.

Também por volta da 0h, um barranco desmoronou sobre uma casa, localizada na Rua Nilton Machado de Barros, 675, Parque Fernanda. Os bombeiros chegaram ao endereço à 1h e, uma hora depois, encontraram uma pessoa com vida.

Por conta das fortes chuvas que começaram a cair na cidade de São Paulo ainda durante a noite de segunda, todo o efetivo do Corpo de Bombeiros foi colocado nas ruas para atender a ocorrências.

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura decretou estado de atenção às 22h15 e, às 23h15, algumas regiões encontravam-se em estado de alerta, quando há alagamento e transbordamento ou possibilidade de isso vir a acontecer.

A capital chegou a registrar 63 pontos de alagamento, incluindo o transbordamento do Rio Tietê, na proximidade da ponte do Piqueri.