Câmara aprova salário de R$ 26,7 mil para parlamentares

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira, o projeto que iguala os salários dos membros do Congresso Nacional, do presidente da República, do vice-presidente e dos ministros com os vencimentos dos membros do Supremo Tribunal Federal (STF). O novo salário passa a ser de R$ 26,7 mil. O projeto segue agora para votação no Senado.

Segundo a assessoria do plenário, a votação foi simbólica, após um acordo entre os líderes das bancadas. Mais cedo, os deputados permitiram que a proposta fosse votada em regime de urgência. Se a medida for aprovada no Senado, não precisará do aval do presidente da República e começa a valer a partir de fevereiro de 2011.

O presidente da República ganha atualmente R$ 11,4 mil, os ministros R$ 10,7 mil, os parlamentares R$ 16,5 mil, e os ministros do Supremo Tribunal Federal R$ 25,7 mil.

Com esta proposta, os deputados e senadores teriam um reajuste de 61,8%. No caso do presidente da República e do vice, o reajuste seria de 133,9%. O aumento dos ministros seria maior ainda, uma vez que eles recebem atualmente R$ 10,7 mil.

Os parlamentares, o presidente, o vice e os ministros estão sem reajuste desde 2007. A inflação no período, porém, foi inferior a 20%. 

Com Portal Terra