RS: preso pai que colocou fluido de isqueiro no leite da filha

PORTO ALEGRE - Um jovem de 22 anos foi preso na manhã desta terça-feira, em Ivoti, região metropolitana de Porto Alegre, por adulterar o leite de sua filha de um ano com destilado leve de petróleo, conhecido popularmente como fluido de isqueiro. O bebê foi internado no domingo em um hospital do Vale dos Sinos, com sinais de envenenamento, mas recebeu alta já à noite. O homem responderá por tentativa de homicídio qualificado.

Na tentativa de alegar problemas na composição química do leite, o jovem utilizou uma seringa para acrescentar silicone de carro, fluido de isqueiro e solvente no interior das caixas de leite da casa da ex-mulher, que ele visitava para ver a filha. Policiais militares desconfiaram da versão e, em depoimento na delegacia de Ivoti, de acordo com o titular Flademir Paulino de Andrade, o jovem acabou confessando o crime, dizendo que não queria matar a criança, mas fazer com que uma doença da filha o reaproximasse da mulher, de quem está separado há um mês e meio.

Ainda segundo o delegado, o rapaz, que trabalha como comerciário, foi encontrado em casa e não ofereceu resistência. Ele foi encaminhado para a Penitenciária de Montenegro.