Lula pede a parlamentares alternativa para financiar a saúde

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira que é preciso encontrar uma forma de financiar a saúde. Em café da manhã com a bancada do PT no Congresso, ele lamentou a derrubada da Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF) e fez um balanço da relação entre o Parlamento e seu governo. Segundo o líder do PT na Câmara, deputado Fernando Ferro (PE), Lula pediu maior articulação dos partidos da base governista na gestão da presidente eleita, Dilma Rousseff.

“O presidente disse que tem mágoas do Senado por causa da CPMF e afirmou que é preciso encontrar uma forma de financiar a saúde”, disse o deputado. Ele afirmou que Lula, no entanto, não apontou qual poderia ser a alternativa para aumentar investimentos na área.

O presidente também pediu que, durante a gestão de Dilma, deputados e senadores não deixem a oposição sem resposta. “Lula disse que não era permitido a essa bancada ficar ausente”, afirmou o líder do PT na Câmara.