Agente prisional perde a mão durante treinamento do Bope

A explosão de uma granada durante treinamento na manhã desta quarta-feira feriu o agente prisional Adão Ramos da Silva, que acabou perdendo sua mão direita. O incidente aconteceu durante o curso do Centro de Formação de Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar de Cuiabá, no Mato Grosso, com instrutores do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do Batalhão de Guarda.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Prisional, João Batista, informou que o agente teria segurado a granada mais tempo do que deveria. Por isso, ele a soltou muito próximo do momento de sua explosão, o que acabou provocando ferimentos profundos na mão.

Adão foi socorrido e levado ao hospital, mas a equipe médica decidiu pela amputação devido à profundidade e gravidade das lesões.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) afirmou, em nota, que será instaurado um inquérito para apurar as causas do acidente.