DEM descarta fusão e quer se fortalecer

Partido vai discutir um plano interno de ação para o fortalecimento da legenda

BRASÍLIA - A Executiva Nacional do Democratas (DEM) descartou, por unanimidade, qualquer possibilidade de fusão com outros partidos. A executiva decidiu, de acordo com nota oficial, discutir um plano interno de ação para o fortalecimento da legenda com vistas às eleições municipais de 2012 e gerais de 2014.

“O Democratas reafirma seu compromisso com a sociedade como força de oposição para os 43 milhões de brasileiros que manifestaram o desejo de que o Brasil tenha outro caminho, dissociado do atual governo”, diz a nota do partido.

Ainda segundo a nota, o Democratas também se compromete com todos os filiados, militantes e simpatizantes a lutar pelo seu crescimento, por meio do lançamento de candidatos próprios às prefeituras em 2012, aos governos estaduais e à Presidência da República em 2014.

A nota do partido afirma ainda que o Democratas está voltado à reconstrução de sua unidade interna para garantir um futuro de êxito eleitoral no exercício de uma “oposição responsável, atenta e fiscalizadora. Tão legítimo quanto o exercício do governo é o exercício da oposição.”