População ganha voz na Câmara

A partir de hoje, Comissões recebem perguntas por e-mail

Estudantes indignados com as falhas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão desabafar com o próprio ministro da Educação, Fernando Haddad. Na quarta-feira pela manhã, ele participa de uma audiência pública na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, para falar sobre o assunto, e a possibilidade de participação dos alunos se dá graças a um projeto piloto de um novo mecanismo de participação popular, por intermédio de e-mail, em audiências públicas promovidas pelas comissões da Casa.

Pelo projeto, qualquer cidadão poderá enviar perguntas para o e-mail [email protected], direcionadas aos convidados de audiências públicas. Duas comissões já aderiram ao projeto preliminar, idealizado e conduzido pela Agência Câmara de Notícias: a Comissão de Direitos Humanos e Minorias e a Comissão de Educação e Cultura, que receberá Haddad. As audiências selecionadas serão transmitidas ao vivo na internet, e os e-mails podem ser enviados a  partir de amanhã. Os convidados para o seminárioEmergências socioambientais e direitos humanos: novos paradigmas da prevenção de desastres, na Comissão de Direitos Humanos e Minorias, na quinta-feira, também poderão receber perguntas pela internet.

>> Leia a reportagem completa no JB Digital