PF prende 19 em operação contra tráfico de drogas em Goiás

 

GOIÂNIA - A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta quarta-feira 19 suspeitos de envolvimento em uma quadrilha especializada no tráfico de drogas em Goiás. Segundo a PF, o grupo atuava nas cidades de Jataí e Serranópolis, inclusive nos presídios estaduais localizados nestes municípios. A operação, denominada Rota 33, tem o objetivo de cumprir quatro mandados de prisão preventiva e nove mandados de busca e apreensão.

As investigações tiveram início em maio deste ano, após a denúncia de que um detento da cadeia pública de Serranópolis estaria comercializando drogas dentro e fora do presídio em associação com outros integrantes da quadrilha, sediados em Jataí. Os entorpecentes eram provenientes da Bolívia, segundo a PF.

Por meio de intercepções telefônicas autorizadas pela Justiça, a PF apurou que o presidiário seria um receptador de drogas de pelo menos outros três grupos de traficantes em Jataí e, em associação a eles, traficava entorpecentes na cidade e nos presídios de Serranópolis e Jataí. A quadrilha contaria com a participação de um advogado, que auxiliaria o grupo com a entrada ilegal de celulares nas cadeias públicas, drogas, coação de testemunhas e fraude processual, entre outros crimes.

Até as 8h30, a PF havia cumprido dois mandados de prisão preventiva e prendido em flagrante 17 pessoas. Além disso, foram apreendidos seis veículos, quatro balanças de precisão, cerca de 1,5 kg de pasta base de cocaína e 15 kg de maconha.