MEC elimina três candidatos do Enem por uso do Twitter

O Ministério da Educação (MEC) revelou que três candidatos tiveram sua participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) eliminada por causa da troca de mensagens no Twitter durante a realização da prova, no último domingo.

Segundo a assessoria de imprensa do MEC, os casos foram relatados nos estados de Minas Gerais, Pernambuco e Tocantins e os três candidatos foram retirados das classes ainda durante o exame.

Pela rede de microblogs do Twitter, o MEC também informou que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep) está monitorando e acompanhando os alunos que utilizaram celular durante a prova. "Alunos q já 'dançaram' no Enem tentam tumultuar com msgs nas redes sociais. Estão sendo monitorados e acompanhados. Inep pode processá-los", diz a mensagem do último domingo.

O Enem está suspenso em todo o País pela Justiça Federal, a pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, por causa do erro de impressão das provas. O MEC quer que o exame seja reaplicado para os alunos prejudicados, mas a Defensoria Pública da União já solicitou ao Inep a anulação do Enem.