Lula apoia aumento de salário para Dilma e Congresso

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o reajuste dos salários do Executivo e do Legislativo é "justo" e "necessário". Segundo Lula, o fim da legislatura é o momento certo para aprovar aumentos. A intenção da proposta de deputados e senadores é vincular o reajuste do Legislativo ao da presidente eleita, Dilma Rousseff, e dos demais ministros de Estado. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Questionado sobre a possibilidade de aumento, Lula lembrou-se de um episódio ocorrido quando foi eleito. "Fizeram uma sacanagem comigo em 2002. Aprovaram (aumento) só para Câmara e Senado e não aprovaram para o presidente da República. Eu não reclamei", afirmou.

Líderes partidários, tanto da base governista quanto da oposição, defenderam a aprovação de projeto que aumente seus salários e o de Dilma.

Para o líder do PMDB, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), o aumento deve ocorrer "cedo ou tarde". Já o líder do PSDB, João Almeida (BA), defende equilíbrio salarial entre os Poderes. "Precisamos achar uma forma de arrumar isso sem ônus ao Legislativo", afirmou.