Faturamento das micro e pequenas empresas paulistas cai 4,2% em setembro

As micro e pequenas empresas paulistas registraram, em setembro, queda de 4,2% no faturamento em comparação com agosto. O segmento industrial caiu 2,8% e o comércio, 6,8%. No setor de serviços, a queda foi menor, de 0,7%. Os dados foram divulgados hoje (10) pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Segundo o Sebrae, a queda em setembro era esperada porque o faturamento de agosto sempre é impulsionado pelas vendas do Dia dos Pais. Em relação a setembro de 2009, quando a economia brasileira sofria os efeitos da crise financeira internacional, o faturamento cresceu 6%. O setor de serviços foi o que registrou o maior crescimento (25,4%), seguido pela indústria (4,7%). O faturamento do comércio, ao contrário, apresentou queda de 2,5%.